Saúde Mental e Econimia Solidária: Constituição, Pré-incubagem e Acompanhamento a Iniciativas de Geração de Trabalho e Renda/Empreendimentos Econômicos Solidários/Cooperativas Sociais CCH-DPI

TÍTULO: SAÚDE MENTAL E ECONOMIA SOLIDÁRIA: CONSTITUIÇÃO, PRÉ-INCUBAGEM E ACOMPANHAMENTO A INICIATIVAS DE GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA/EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS/COOPERATIVAS SOCIAIS

PROCESSO N° 13997/13

COORDENADORA: MÁRCIA CAMPOS ANDRADE

INÍCIO: 03/02/2014

CLIENTELA: Usuários de serviços públicos municipais de Saúde Mental e Assistência Social

ABRANGÊNCIA: Nova Esperança - PR

RESUMO: A formação em Saúde Mental e Economia Solidária; a contituição, pré-incubagem e acompanhamento a iniciativas de geração de trabalho e renda/empreendimentos econômicos solidários/cooperativas sociais são ações de extensão, propostas nesse projeto, que estão articuladas à politica intersetorial de Saúde Mental/MS e de Economia Solidária/MTE. Em implantação no Brasil desde 2005, essa política envolve a multiplicidade das ações citadas, além de promover a oferta de recursos para os projetos e a discussão sobre a legislação pertinente ao tema. Os atores sociais envolvidos são os usuários, familiares e trabalhadores da Saúde Mental ; assim como os gestores públicos  municipais e profissionais das políticas de Saúde, Assistência Social e Trabalho. Diante desse cenário tencionamos contribuir promovendo a articulação entre os atores sociais envolvidos com a implantação das ações dessa política intersetorial nas cidades de Marialva, Maringá, Nova Esperança e Paiçandu. Para tanto, desenvolveremos ações de extensão, ensino e pesquisa estimulando o desenvolvimento de potenciais projetos de inclusão produtiva através da metodologia do Dispositivo Intercessor (DI) e do Diagnóstico de Potencialidades Produtivas locais (DPPL).

FONE: (44) 9146-1000

E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Saúde Mental e Economia Solidária: Constituição, Pré-incubagem e Acompanhamento a Iniciativas de Geração de Trabalho e Renda/Empreendimentos Econômicos Solidários/Cooperativas sociais CCH/DPI

TÍTULO: SAÚDE MENTAL E ECONOMIA SOLIDÁRIA: CONSTITUIÇÃO, PRÉ-INCUBAGEM E ACOMPANHAMENTO A INICIATIVAS DE GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA/EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS/COOPERATIVAS SOCIAIS

PROCESSO N° 13997/13

COORDENADORA: Márcia Campos Andrade

INÍCIO: 03/02/2014

CLIENTELA: Usuários de serviçõs públicos municipais de Saúde Mental e Assistência Social

ABRANGÊNCIA: Nova Esperança - PR

RESUMO: A formação da Saúde Mental e Economia Solidária; a constituição, pré-incubagem e acompanhamentop a iniciativas de geração de trabalho e renda/empreendimentos econômicos solidários/cooperativas sociais são ações de extensão, propostas nesse projeto, que estão articuladas à política intersetorial de Saúde Mental/MS e de Economia Solidária?MTE. Em implantação no Brasil desde 2005, essa política envolve a multiplicidade da ações citadas, além de promover a oferta de recursos para os projetos e a discussão sobre a legislação npertinente ao tema. Os atores sociais envolvidos são os usuários, familiares e trabalhadores da Saúde Mental; assim como os gestores públicos municipais e profissionais das políticas de Saúde, Assistência Social e Trabalho. Diante desse cenário tencionamos contribuir promovendo a articulação entre os atores sociais envolvidos com a implantação das ações dessa política intersetorial nas cidades de Marialva, Maringá, Nova Esperança e Paiçandu. Para tanto, desenvolveremos ações de extensão, ensino e pesquisa estimulando o desenvolvimento de potenciais projetos de inclusão produtiva através da metodologia do Dispositivo Intercessor (DI) e do Diagnóstico de Potencialidades Produtivas Locais (DPPL).

 

FONE:(44) 9146-1000

E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Serviço Social, Trabalhadores e Sistema Único de Assistência Social do Vale do Ivaí - CCH/DCS

TÍTULO: SERVIÇO SOCIAL, TRABALHADORES E SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO VALE DO IVAÍ

PROCESSO N° 11577/13

COORDENADORA: MARIA CELESTE MELO DA CRUZ

INÍCIO: 04/11/2013

CLIENTELA: Discentes e comunidade externa

ABRANGÊNCIA: Ivaiporã, municipio do Vale do Ivaí-PR

RESUMO: O projeto que ora se apresenta tem como objetivo desenvolver ações junto aos discentes e à comunidade externa à UEM (parceria com Secretarias de Assistência Social das Prefeituras do Vale do Ivaí), no que diz respeito à profissão de Serviço social e sua contribuição para a implementação da Política Nacional de Assistência Social, através do Sistema Único de Assistência Social - SUAS, Além de criar uma rede de ações em relação aos seus trabalhadores. Almeja ainda, estimular e contruir conjuntamente com as prefeituras (Secretarias de Assistência Social) discussões, pesquisas, fóruns, seminários, para a discussão e publicização da rede de proteção social do Sistema Único de Assistência Social do Vale do Ivaí; além de construir propostas coletivas com a esfera municipal voltadas a capacitação dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social. A proposta é de elaboração de metodologias de ação e intervenção junto às prefeituras do município de Vale do Ivaí, para acompanhamento/avaliação especializado aos projetos, serviços socioassistenciais e denefícios da proteção social básica (PSB) e proteção social especial (PSE) ofertado à população; além de contribuir para analisar e discutir as relações e condições de trabalho do corpo de profissionais do SUAS, como preconiza a Norma Operacional de Recursos Humanos - NOB/RH deste sistema. E por fim, preten-se que o projeto tenha como contribuição a integração entre extensão, ensino e pesquisa dos discentes do SS/UEM e comunidade externa.

 

FONE: (43) 3472-5950

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

A Geografia das Lutas no Campo: Apoio a Produção de Arroz Ecológico e Resgate de Sementes Crioulas Como Desenvolvimento Territorial Sustentável dos Assentamentos Rurais de Reforma Agrária do Noroeste do Paraná - CCH/DGE

TÍTULO: A GEOGRAFIA DAS LUTAS NO CAMPO: A PRODUÇÃO DE ARROZ ECOLÓGICO E RESGATE DE SEMENTES CRIOULAS COMO DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL SUSTENTÁVEL DOS ASSENTAMENTOS RURAIS DE REFORMA AGRÁRIA DO NOROESTE DO PARANÁ

PROCESSO N° 11540/13

COORDENADORA: ADÉLIA APARECIDA DE SOUZA HARACENKO

INÍCIO:01/07/2013

CLIENTELA: Assentados da reforma agrária

ABRANGÊNCIA: Noroeste do Paraná, Querência do Norte/PR

RESUMO: A região Noroeste do estado do Paraná ao longo da década de 1980 passou por um longo e intenso processo de luta pela terra, realizada pelos camponese agricultores, que mudou a realidade regional, de poucas grandes propriedades para inúmeras pequenas propriedades. Ainda assim a realidade agrária dos assentados regionais tem seus percalços e suas dificuldades, dentro de uma economia local que até meados dos anos 1990 encontrava-se estagnada, com uma população urbana relativamente pobre, comércio pouco desenvolvido e uma indústria quase que inexistente. Diante disso, a premissa desse projeto é o fortalecimento e a cooperação agrícola camponesa pois procurará apresentar aos assentados uma alternativa concreta de produção em relação ao modelo dependente de agrotóxicos, garantindo assim o apoio a agricultura familiar e a soberania alimentar das famílias assentadas envolvidas no projeto a partir da agroecologia. A partir da troca de experiências entre pesquisadoras voltadas a questão agrária e assentados com experiências na produção de arroz é que este projeto tem como principal objetivo à formação do Grupo Gestor Inicial de Arroz Ecológico (GGIAE) e o estabelecimento do resgate de sementes crioulas entre as famílias assentadas, para que através desse resgate seja criado um banco de sementes crioulas (SECRIOULAS).

FONE: (44) 9804-4242

E-MAIL: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.